sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Boeing trabalha em um 737NG remotorizado

  Influenciada pelo lançamento do Airbus A320NEO, a Boeing "deixou transparecer" que está trabalhando em um novo 737 Next Generation (todas as versões desde o 737-600). Esta nova versão, acomodaria motores de última geração do tipo CFM International Leap-X ou Pratt&Whitney PW1000G, os mesmos que serão utilizados pelo A320NEO.
  A companhia não confirma, mas uma foto divulgada em um documento oficial da Boeing detalha os trabalhos feitos no desenvolvimento de novas tecnologias. A foto mostra um 737 da suposta variante em um túnel de vento.
  O grande desafio da Boeing é a altura das aeronaves em relação ao solo. Os motores Leap-X e PW1000G possuem um diâmetro maior do que os atuais CFM56-7B.
  Visualmente a primeira mudança que chama a atenção é a adição de uma bequilha na parte dianteira da fuselagem (muito parecida com a bequilha do A330 cargueiro) que acomodaria um trem de pouso maior, aumentando a altura da aeronave, podendo usar os novos motores. Outra alternativa com a qual a Boeing aparentemente trabalha é mover os novos motores para frente, praticamente "encaixando-os" diretamente sob a asa. Além de aumentar a distância para o solo a medida possibilitaria a extensão do trem de pouso central em 200mm.
  Ainda não existe uma estimativa concreta da economia de combustível que a nova variante do 737 ofereceria, mas estima-se que esteja na casa dos dois dígitos.

Soluções para a Boeing em relação aos motores
  Colocar as turbinas em cima da asa (apenas algumas aeronaves da Antonov usam esse tipo de motor). Trocar a asa baixa pela asa alta (a asa passa por cima do avião). Colocar as turbinas na parte traseira do avião. Ou fazer o que aparentemente estão fazendo, replanejando os trens de pouso (parte mais díficil no planejamento de um avião)

Fonte: Jetsite.com.br (exceto: soluções para a Boeing em relação aos motores).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog do Victor para interessados em jogos online e noticias sobre aviação.