segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

TAAG groundea frota de 777

  A companhia aérea angolana TAAG foi forçada a retirar de operação seus três Boeing 777-200ER por falta de manutenção.
  A decisão de graoundear a frota de 777 vem logo após um incidente ocorrido em Lisboa na última segunda-feira, 6 de dezembro, quando o 777 de prefixo D2-TEF operando o voo DT651, Lisboa Luanda teve que retornar instantes após a decolagem em função de fortes vibrações no motor 2. De acordo com a imprensa local, peças metálicas de 5 a 15cm se desprenderam da aeronave caindo sobre carros e causando danos consideráveis.
  O CEO da TAAG Mateus Neto cita "limitações físicas" do aeroporto internacional 4 de Fevereiro como o maior impelício para uma manutenção adequada de uma frota de três 777. "Os Boeing 777 são aeronaves extremamente sofisticadas e nós ainda não temos oficinas adequadamente equipadas". Para fazer a manutenção pesada das suas aeronaves, a TAAG conta com contratos com empresas em países onde opera regularmente: China, África do Sul, Emirados Árabes e Brasil. Apenas a manutenção diária, a chamada line maintenance na base da TAAG em Luanda.
777-200ER da TAAG, prefixo D2-TEE pousando em Guarulhos
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog do Victor para interessados em jogos online e noticias sobre aviação.