domingo, 27 de março de 2011

Freedom Ship

  A cada ano, milhares de pessoas fazem cruzeiros marítimos. Quando acaba, voltam para suas casas em terra firme, algumas um pouco tristes com o fim do cruzeiro. Então, porque não fazer um cruzeiro sem fim. Essa é ideia proposta para o Freedom Ship (Navio da Liberdade). Esse navio na verdade será uma cidade flutuante com residentes permanentes. O navio circundará a Terra a cada dois anos, passando e parando em algumas das principais cidades costeiras do mundo.
  No início, o Freedom Ship será para os ricos. O preço de uma suíte de 28m² será de US$121.000 chegando a US$11 milhões por uma suíte de 474m² no exclusivo 21°, onde os preços começam nos US$3 milhões.
  Nenhum navio de cruzeiro já construído pode se comparar ao Freedom Ship. Ele terá 1.371 metros de comprimento, 228 metros de largura e 106 metros de altura. Ele será mais alto que o comprimento de um campo de futebol e mais largo que dois campos de futebol lado a lado. Abaixo, uma comparação entre o Freedom Ship e o Explorer of the Seas, o maior navio do mundo atualmente:
                         Freedom Ship  -   Explorer of the Seas
Comprimento->1.371m                311m
Largura->         228m                   48m  
Altura->           106m                   61m
Peso->             2,4 milhões de t.   128.820 toneladas 
Passagiros->    40.000 residentes  3.000
                        30.000 vis. diários
                        10.000 hóspedes
Tripulação->    15.000                  2.000
  Para movimentar o Freedom Ship, serão necessários 100 motores que produzem 3.700hp cada. Cada motor custa US$1 milhão. Os residentes pagarão US$11 milhões para adquirir um espaço habitacional.
  O Freedom Ship terá 17.000 unidades residenciais e poderá ter mais de 60.000 pessoas a bordo. Os residentes poderão trabalhar, divertir, morar e viajar sem sair da cidade. Todos os funcionários do navio receberão alimentação, alojamento, uniformes, assistência médica e um programa de educação continuado. O Freedom Ship terá:
-um hospital que custará US$200 milhões.
-pista de aterrissagem de 1.158 metros para aviões particulares e comerciais (de até 40 passageiros) além de  heliportos.
-hangares para aeronaves particulares.
-uma marina para iates dos residentes e outros barcos.
-um dos maiores shoppings centers do mundo.
-escola de nível fundamental, médio e superior.
-campo de golfe.
-trilha para bicicletas.
-200 acres a céu aberto para recreação.
-quadras de tênis, basquete, boliche.
-piscinas.
-academias.
-rinque de patinação.
-pesca na marina do navio.
-restaurnates, bares, boates.
  O recurso mais atraente do Freedom Ship pode ser o fato de não haver impostos locais, incluindo imposto de renda, impostos territorial e predial, impostos sobre vendas e sobre a atividade econômica e taxas de alfândega. Entretanto, os residentes terão de cumprir as leis de impostos federais de seus países de origem.
  Cada lar terá 100 canais mundiais de TV por satélite, além da programação local dos países próximos ao navio. O acesso a internet estará disponível a partir de qualquer parte do navio.
  O Freedom Ship também terá uma patrulha de segurança integral. Os trabalhadores recebrão treinamento de segurança e um sistema de segurança também será instalado.
  Além de tudo isso, o Freedom Ship será ambientalmente responsável. Não haverá esgoto. Todos os sanitários terão incineradores que queimarão todo o esgoto. As cinzas serão colocadas em vasos de flores. O óleo usado será queimado para produzir eletricidade. Todo o vidro, papel e metal será reciclado e vendido. A Freedom Ship International estima que os habitantes produzirão 80% menos lixo do que em uma cidade em terra firme. Segue algumas imagens do navio:
  

Um comentário:

Blog do Victor para interessados em jogos online e noticias sobre aviação.